Como uma força da natureza, o dia dos namorados aproxima-se a toda a velocidade sendo, a seguir ao Natal, o feriado mais vermelho e branco – ainda bem que não somos americanos!

…este é provavelmente dos “feriados” mais comerciais que nós temos…

The fact is… este ano, não estou muito para aí virada! Em primeiro lugar por ser a um dia de semana, em segundo vou passa-lo sozinha – namorado fora – e terceiro (e último), é  A UM DIA DE SEMANA!

Divindade Domestica Apresenta…

Manual de Sobrevivência da Mulher Ocupada ao Dia dos Namorados

1. Não force as coisas! Se este é o vosso primeiro dia, não o obrigue a dizer coisas que não sente e não faça o mesmo a si própria… Nada pior que um “amo-te” seguido de um “eu sei”… eu já o fiz… (e gostei!) – lembre-se de como odiaria que alguém lhe fizesse o mesmo…

2. Não gaste mais do que pode! Estamos numa recessão, senhoras! Isto quer dizer que tem de gastar menos – e isso implica gastar menos com terceiros! Lembre-se que o que gasta hoje, não consome amanhã!

3. Limite a exposição! Mais é menos! Não queira dar tudo de uma só vez – tudo tem o seu tempo (e medida).

4. Limite os ataques de pânico, a três nos dois dias que antecedem o Dia-D! Se é solteira, não queira engatar o primeiro idiota que lhe apareça à frente. Se está comprometida, não seja uma Dona de Casa Desesperada…

Do your best… or worst!

Divindade Doméstica

 

...be mine!