Algumas de vocês sabem muito bem do que eu estou a falar… No início ficam surpreendidas por terem um novo admirador que não tiveram de seduzir! Pontos para nós! Depois não resistem ao jogo de gato e rato e não descansam enquanto não tiverem a vossa “vítima” no sítio que querem: prestes a confessar todos os sentimentos pela vossa estimada pessoa. Se um rapaz vos fizesse isto, provavelmente ter-lhe-iam um ódio de morte… mas como são vocês a fazê-lo, a vossa (nossa) desculpa é que são jogadoras e estão nisto pelo thrill of the chase.

Isto passa-se – inocentemente, nas costas do vosso namorado – e além de eventuais pedaços de conversa potencialmente comprometedores, vocês não querem mais nada além deste jogo!

Como manter a caça puramente platónica?

Divindade Doméstica Apresenta…

O Guia da Mulher Ocupada para Dangerous Liaisons

1. Demarque a Zona de Caça! Se sabe que não quer mesmo nada com o pobre do rapaz – além do supracitado – limite a acção a pontos onde dificilmente haja tendência para passar além da linha invisível que separa a infidelidade técnica da infidelidade psicológica;

2. Não se comprometa! Limite o conteúdo partilhado: não conte nada que não possa ser dito em público, não mostre as suas fraquezas e lembre-se que tem namorado – ele é que fica sem a sua companhia se decidir acabar com esta charada, não é a mulher ocupada que fica a “anhar” se ele der à sola!

3. Tenha um Plano de Fuga! Se por acaso der por si a esborratar a tal linha invisível, lembre-se: se não estiver ao pé dele (ao vivo e a cores) a tensão diminui e há menor probabilidade de se encontrar numa situação comprometedora!

Charge!

Divindade

é preferível ir às compras!

 

Sexo e a Mulher Ocupada | Promote Your Page Too</a>
<a
title=”Sexo e a Mulher Ocupada” href=”http://www.facebook.com/pages/Sexo-e-a-Mulher-Ocupada/176684645703741″ target=”_TOP”>